Melograno.

Após dois anos resolvemos escrever sobre o Melograno novamente. Uma das maiores mudanças nesse tempo foi a saída do sommelier de cerveja Eduardo Passareli da sociedade da casa.

Melograno.

Era dia de semana de muito frio e quando chegamos a casa estava bem vazia, mas com o passar do tempo os clientes foram chegando e no final da noite a casa já estava bem mais cheia.

Melograno.

Dessa vez ficamos acomodados nas mesas dentro do estabelecimento. Não me lembrava como a casa era grande. Há mesinhas na área da frente do bar e também uma espécie de jardim nos fundos.

Melograno.

Recebemos do garçom a carta de cerveja e o cardápio de comida (que estão separados). O de cervejas é ordenada por estilos.

Melograno.

Para comer escolhemos Panini que são preparados no forno a lenha. Um deles leva o nome da casa (Melograno) e tem na sua receita ragú de cordeiro na cerveja escura e molho de romã.

Melograno: Panini Melograno.

O outro foi o Panini Da Vinci com mussarela, tomate seco, gorgonzola e catupiry. Todos paninis são grandes, bem recheados e muito saborosos.

Melograno: Panini.

Já em relação à cerveja fomos de chope da nacional Paulistânia Pilsen. Foi a primeira vez que provamos o chope deles e agradou assim como as cervejas de garrafa.

Melograno: Chopp Paulistânia.

Também bebemos a americana Brooklyn Lager. Já mais amarguinha mas uma excelente cerveja com certeza.

Melograno: Brooklyn Lager.

Provamos também um pint do chope Fuller’s London Pride.

Melograno: Fuller's London Pride.

Nesse dia uma banda fez uma apresentação na casa e o couvert foi de R$ 15.

Melograno: Mesa do Homer Simpsons.

Wifi Grátis.

Melograno
Rua Aspicuelta, 436 – Vila Madalena
São Paulo / SP
Fone: 11 3031-2921
www.melograno.com.br


Exibir mapa ampliado

Puggina

Paulistano, atua como Consultor na área de TI e bacharelado em Administração com ênfase em Marketing.