O governador João Dória (PSDB), recebeu o convite oficial do embaixador da 3ª São Paulo Oktoberfest, Walter Cavalheiro, em encontro no Palácio dos Bandeirantes, edifício-sede do Governo do Estado de São Paulo, que esteve acompanhado dos principais apoiadores e patrocinadores do evento, o presidente da AHK e da Mercedes-Benz, Philipp Schiemer, o diretor de relações governamentais da São Paulo Oktoberfest, Sérgio Kacas, o diretor de Relações Governamentais da Eisenbahn, Renato Megda e o diretor de cervejas artesanais do Grupo Heineken Brasil, Alexandre Cândido.

Participaram da solenidade o secretário de Competitividade da Indústria Comércio e Serviços, André Favero, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen da Silva, o secretário de Relações Internacionais, Júlio Serson e o presidente da Invest SP, Wilson Mello.

Dória sempre foi um grande entusiasta da versão paulistana da Oktoberfest, que chega, em 2019, na sua terceira edição e passa a integrar um dos 17 maiores eventos estratégicos da cidade paulista. O atual governador do estado de São Paulo apoiou a iniciativa desde o começo, ainda por ocasião em que assumiu o cargo de prefeito de São Paulo, em 2016, quando o evento aconteceu no Sambódromo do Anhembi. 

As duas primeiras edições da São Paulo Oktoberfest somaram um público geral de 150 mil visitantes. Neste ano, o mais famoso festival de cultura alemã do Brasil vai acontecer em um novo local, o Jockey Clube de São Paulo e a previsão é que receba um público superior ao do ano passado, que foi de 80.000 pessoas.

Tendo ingressado na vida pública como secretário de Turismo de São Paulo e presidente da Paulistur (1983–86), Dória apostou na realização deste festival, já com vistas ao grande impacto positivo que traria para a cidade. A São Paulo Oktoberfest deverá gerar aproximadamente 1 800 empregos diretos e indiretos e criar um fluxo de mais de 30 mil visitantes de fora da capital paulista, trazendo um fluxo estimado de R$ 40 milhões no turismo da cidade. 

O evento conta com o apoio e força de mais de 40 empresas, como Mercedes-Benz, Eisenbahn, Aurora Alimentos, Ruvolo, Truckvan e Lufthansa, entre outras. “Vamos contar com o abraço cada vez maior de empresas que enxergam nesse festival não apenas a valorização de uma cultura como também uma oportunidade de engajamento mais descontraído com seus públicos”, diz o fundador do festival no Brasil, Walter Cavalheiro. “A nossa expectativa é que essa grande festa deverá receber mais de 300 mil visitantes até 2023”. 

Para a Eisenbahn, a cerveja oficial da São Paulo Oktoberfest, fazer parte desta grande confraternização da cultura alemã, é acreditar na parceria com o projeto, e também uma oportunidade de fomentar a cultura cervejeira na capital. “A Eisenbahn utiliza referências e elementos da cultura germânica em todos os estilos que desenvolve. E estarmos mais uma vez na São Paulo Oktoberfest é consequência natural do trabalho da marca para disseminar a cultura alemã e democratizar o acesso as cervejas artesanais”, finaliza o diretor de cervejas artesanais do Grupo Heineken Brasil, Alexandre Cândido. 

Em 2019, o festival contará com a participação de várias bandas e desfiles típicos alemães, em sua maioria do sul do Brasil, além de bandas brasileiras de grande sucesso nacional para animar a diversidade de públicos da festa. A exemplo das duas primeiras edições, a gastronomia típica e a experiência cervejeira proporcionada pela Eisenbahn junto com as cervejarias artesanais serão mais uma vez alguns dos grandes destaques da festa.

São Paulo Oktoberfest 2019
www.saopaulooktoberfest.com.br

Boteco & Cerveja

Informaçõe sobre cervejas, bares e viagens. 8 anos de muitas novidades do mundo da cerveja para você.