O Camara fria recebeu um convidado ilustre em seu cardapio na noite de terça-feira. Estive por lá e vi que estavam servindo o LC Futuro.

Fiquei empolgada e desconfiada ao pedir meu LC Futuro. O quão realmente parecido um hambúrguer sem proteína animal pode ficar de um hambúrguer ‘tradicional’? Depois de quase dois anos sem consumir carne o que iria achar da textura e do sabor?

Foram essas duvidas que me acompanharam até o momento do meu pedido, mas minha empolgação e curiosidade foram maiores. Pedi!

Quando recebi meu sanduíche achei que o cheiro vinha das mesas ao lado até perceber que não, o cheirinho defumado e delicioso vinha do meu próprio lanche. Minha primeira reação depois de aprovar o aroma foi dar uma bela encarada naquela carne grelhadinha, a semelhança é assustadora. O sanduíche leva queijo vegetal fermentado, maionese vegetal, pão vegano, tomate e alface orgânicos.

Tanto a aparência quanto o gosto e textura são muito parecidos com um hambúrguer de carne animal a ponto de eu ter que explicar para mim mesma em varias mordidas, que tudo bem, aquilo não era carne e eu poderia comer tranquila, rs… O burger é bem condimentado, a maionese super saborosa.

O Futuro Burger foi criado por Marcos Leta, ex proprietário da marca de sucos naturais Do Bem. Hoje é o dono da Fazenda Futuro. Os ingredientes são proteína de ervilha, proteína isolada de soja e de grão de bico, além de beterraba. Ele tem 115g e 17g de proteína. Para efeito de comparação, um hambúrguer animal tem 20g de proteína.

Além de encontrar o hambúrguer em alguns supermercados o lanche que comi está no cardápio fixo da Lanchonete da Cidade e custa R$29, ele é preparado em chapas separadas para não haver contato com as outras carnes.Caso você não seja vegetariano/vegano mas quer provar a carne, la na lanchonete é possível substituir a maionese e o queijo vegano por ingredientes comuns.

Fiz questão de oferecer meu lanche para todos que estavam comigo e foi aprovado até pelos mais ceticos amantes da carne.

Veredito final da Vegetariana

Achei o lanche muito bom, saboroso, a textura é como de um hambúrguer de supermercado, quando você morde é possível ver as ‘fibras e sangue’ do lanche. Porem mesmo quando eu consumia carne animal a aparência da carne me incomodava e o fato dessa ser muito parecida deu um bug no meu cérebro. Acredito que no caso de vegetarianos que pararam de consumir carne mas sentem “saudades” da carne será uma opção maravilhosa e para amantes de hambúrguer que buscam algo mais saudável e sem sofrimento animal.

Que tal provar o LC Futuro na próxima #segundasemcarne?

Jana Portela

Paulistana e vegetariana, formada em Publicidade e Propaganda na busca constante das melhores cervejas.